CAMINHOS TORTOS (1/5)

“Sempre me é preferível escrever o que sinto do que apenas sentir. Se apenas sinto, eu me sufoco, como se tivesse um cinto apertando o coração. Palavras escritas são alívio, a fivela afrouxada, para eu respirar ao menos um pouco sem muita dor.” – (Dr.K)

  

LONGE DO CAMINHO

Hoje falo de liberdade como um prisioneiro que cumpriu sua sentença. Para se estar livre é necessário ter estado preso, e eu estive. Vou contar-lhe sobre a algema que prendia a minha alma às minhas vontades e as grades frias que me separaram de Deus. Vou falar-lhe do desejo que gritou no meu peito sem ter quem calasse; da sede e da fome que tentei saciar em outras águas, em outras mesas; da presença e do consolo que busquei em outras pessoas, em outros abraços, sem encontrar. Na fraqueza, disse a Deus que me sentia tão frágil e vulnerável, e ele me disse que para sempre eu seria uma criança a correr para os braços do pai, mesmo tendo buscado com arrogância a autossuficiência que me é tão amarga hoje.

No quebra-cabeça dele, eu sou uma peça com formato único. Entretanto, só descobri isso quando em nenhum outro quebra-cabeça me encaixei. Foi nessa busca por um lugar em que eu pudesse pertencer que meus passos me afastaram completamente do Caminho, e algo em mim acordou, fazendo-me sentir prazer na distância. Era alguém igual a mim, ocupando o mesmo espaço em meu ser e que parecia saber exatamente o que eu precisava. Quantas não foram as vezes em que preferi assumir essa identidade falsa? Eu sentia prazer e parecia ser tudo o que importava.  Mas não era bem assim.

A liberdade eu alcanço se a verdade eu buscar; isso aprendi com dor e sofrimento. Eu sabia onde encontrar a verdade, mas me custava muito olhar para trás e admitir que fiz escolhas erradas. Tudo para nutrir o orgulho tolo que meu coração enganoso gerou. E assim, a peça de formato único foi perdendo a forma.

Continua…

Narrativa dividida em cinco partes que conta sobre uma experiência da vida cristã. Já passou também por apertos? Quer compartilhar a experiência? Deixa aqui embaixo nos comentários! :)

Fique com Deus!

Anúncios

3 responses to “CAMINHOS TORTOS (1/5)

  1. Pingback: CAMINHOS TORTOS (2/5) | Pensei Jesus·

  2. Pingback: CAMINHOS TORTOS (3/5) | Pensei Jesus·

  3. Pingback: CAMINHOS TORTOS (4/5) | Pensei Jesus·

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s